history.


Um toque. Um aperto de mão. Um abraço. Uma troca de olhares. Uma troca de sorrisos. Uma mensagem. Um telefonema. Uma atitude. Um passo. Era tudo que eu queria. Era tudo que podia fazer meus dias simples mas verdadeiros. É, e eu sei que tudo isso não passa apenas de ilusões que não se concretizaram. Não por mim,   mas por você. Seus pensamentos devem ir de encontro a outros, seus olhares devem se refletir em outro, seu coração pulsar mais forte por outro alguém. E enquanto isso, eu vivo na espera de poder pelo menos te sentir, te abraçar uma ultima vez. 
Observo você de longe. Eu sei que as vezes você nota. E a pergunta que deve passar pela sua cabeça é: O que tanto essa garota olha? E a resposta está bem perto de você, ou como poderia dizer, em você. Não sei o que aconteceu, ou o que está acontecendo. Você está mais distante. Eu sinto isso. Seu olhar já não é mais o mesmo. Alias, é o mesmo sim, só não brilham com tanta intensidade. Pressuponho, que a culpada sejas eu. Mas uma vez meti os pés pelas mãos... E dentre tudo isso, eu vivo na espera de te tocar.
E o mais importante, que seja recíproco esse toque.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

olhar, silêncio e mistério.

sinto saudades.