chegou a hora do adeus


Hoje eu decidi vim falar de você. Vim falar de tudo, mas tudo que eu sinto por voce, vim falar das magoas, tanto minha quantos sua, vim falar do que eu espero e do que não espero, ou pelo menos, tentar.
Quando nós nos conhecemos eu nunca iria imaginar que nosso relacionamento iria ter tantos problemas assim. Parecia um mar de rosas, parecia que tudo era cor de rosa, colorido... Mas isso não durou muito tempo. Em pouco tempo surgiu obstaculos, que não conseguimos suportar, eles foram maior, de uma certa forma. Parecia que o mundo inteiro estava contra nós. Parecia que quem estava interessado em você, e em mim, se uniu para nos separar, porque nunca deu certo. E era incrivel, ambos passa ciumes. Eu realmente sei que pisei na bola com você, tanto é que você me falou que eu fui a unica menina que lhe fez chorar, e não era o que eu queria. Nessa epoca o que eu mais queria era ser feliz, te amar, mas o meu medo, de quebrar a cara, não deixava. É, eu não sei, como assim, quebrar a cara com alguém que goste da gente? não era com você, era comigo. Deu não ser capaz de te amar como você merece. De não dar conta de estar com você até o fim, e o medo, medo de ser dominada por alguém, e não ter pra onde correr, quando este sonho acabar. Esse sim foi o meu motivo de tudo que lhe fiz. Eu era infantil, não que eu seja madura, mais é que nesse tempo aprendi muita coisa, e umas delas foi aproveitar o momento, o que nunca tinha feito com você, eu sempre fugia.
Com esse tempo, a gente nunca se afastou realmente. Se afastamos quando estavámos com alguém, mas juntos de coração e pensamento. Era provocações de ciumes pra cá e pra lá. Realmente era uma puta de uma bobagem. E eu que sempre achei bobeira aqueles casais que se gostavam e tinham a audacia de ficarem separados... até aconteceu comigo,e no decorrer do tempo eu vi que isso é possível!
Você não é burro, já percebeu que lhe procuro sempre que me convém,e o mesmo de voce. Bate a saudade, e estamos ali, aos beijos. È, pode ser amor. Pode ser, não que seja. Ou foi.
Novamente tentamos entrar em algo mas sério, e eu realmente senti que ali, sairia, finalmente, algo mais sério. Eu me sentia com voce, como se cada dia, eu te conhecesse, isso era bom. Até que... descobri mentiras... aquelas bobas, de tempos atrás, depois algumas pisadas de bola... E realmente o que me corrói, são essas coisas que não foram ditas, esse dialogo que nos faltou, da sua parte! Eu falei tudo o que me prendia. Pensei que voce estava fazendo o mesmo, me enganei. Ou talvez, é mais uma armadilha do destino para não ficarmos juntos. E se você realmente quer saber, agora, tanto faz.
voce pra mim é uma certeza que eu não quero mais ter tanta certeza. é uma certeza que está sempre aqui comigo. mas chegou a hora do adeus. chega de tantas decepções. chega de tantos atrasos nas nossas vidas. eu não quero isso pra mim, cheguei a essa conclusão. voce é inseguro, não sabe o que quer, aliás sabe, eu. mais não toma atitude, e o meu sentimento foi esfriando... esfriando e se congelou em lugar bem distante!
Acho que nós ficavamos juntos, por tentar ter algo que nunca tivemos, por tentar viver algo que faltou na nossa vida à dois. E porisso sempre 'empurramos com a barriga'. E eu percebi isso. Tarde, mas percebi. Acho que não é amor, é obessão, obessão, por NUNCA termos dado certo, e agora quem sabe.. hahaha, pois bem, pra mim AGORA não existe mais. Passou, assim como a nossa história ficou enterrada na minha vida! eu realmente gostei muito de ti, não vou dizer amei, porque amar é pra sempre, mas eu gostei muito de você, e espero que você  entenda o motivo de eu me afastar de você. E te lhe falar as coisas que estou prestes a falar. É, como eu já disse lá na frente, chegou a hora do
ADEUS.
separe tudo que for teu...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar, silêncio e mistério.

sinto saudades.