Life.


Sabe, sozinha em minha casa, reflito sobre a vida, sobre os últimos acontecimentos e até os mais antigos. E sinceramente, tudo que eu mais gostaria, era de se formar, trabalhar e construir uma familia. Nunca pensei que fosse querer isso, tão rápido, mais as coisas não são assim, né.
Sempre fui aquela menininha boba, tola, que se alguém contasse que já voou capaz que eu acreditava viu. Que confiava nos outros facilmente, sem ao menos ter alguma duvida, que de certa forma se apaixonava meio fácil e quebrava a cara também, mais facilmente se levantava. Hoje as coisas mudaram, não muito, mais mudou. Não sou mais tão boba, não confio nas pessoas num piscar de olhos, aliás, até confiava, até um ou dois dias atrás. Meus sentimentos mudaram, se amadureceram, cresceram, e sabe dividir muito bem, de atração, amor e amizade.
As amizades hoje em dia, anda muito complicado. Pensamos em algum segundo que temos uma amizade de alguém, e quando vimos, não passa de uma simples ilusão. E quando nós nos decepcionamos com as pessoas por simples coisas? É, a vida não é um mar de peixes, pelo menos pra mim. Vejo a falsidade das pessoas, nos olhos delas.
Amor, amor amor. Ah, esse sentimento tão desejado por muitos, mais tão alcançado por poucos, anda tão desgeneralizado ultimamente. As pessoas dizem te amo como bom dia, não sabem o valor que um te amo pode fazer na vida de alguém. Acham que se ficam com alguém, ou se conheçe qualquer pessoa já a ama, e não é assim. Você pode ter algum sentimento por ela, pode ter desejo, atração, qualquer tipo, mais amor... amor é único. Poucos sabem como esse sentimento é, poucos sentem.
È, sinto dizer, mais estou perdida. Não sei o que faço, muito menos para onde vou. Preciso me focar nos estudos, aliás, é o que mais estou fazendo. Estou farta de pessoas falsas fingindo ser quem não é, de saber as coisas e ter que ficar calada. De sempre, sempre, ajudar os outros e ninguém, não fazer nada, mais nada mesmo para me ajudar, nem se quer perguntar como estou ou vier me dar um abraço. É. Percebi uma coisa hoje. Odeio mentira. Odeio mentir. Não dou conta. Não suporto.
Preciso me encontrar, preciso me achar. Alguém sabe me dizer aonde a felicidade está? Ah, espera, que que eu estou falando. Eu sou feliz, tenho 'tudo' que quero... só não tenho felicidade na vida amorosa... e em algumas amizades... tirando isso, tenho uma familia excelente, moradia e tudo que preciso. O que mais eu poderia querer né? Uai, uma razão, quetal? Uma razão para me superar diante das dificuldades. Ah, mais nem eu sei o que seria o certo nesse momento. Alias, até sei o que eu quero, mais é tudo em vão. As palavras agora fugiram um pouco de mim, porque tive uma sensação estranha, mais me desabafei um pouco. Mas, por fim, é isso. Nada vai ser como gostaríamos que fosse, não irá aparecer um pessoa perfeita pra te completar, as pessoas mudam, mudam tambem por amor, e porque se amadurecem, e ninguém, continua bobo para sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar, silêncio e mistério.

sinto saudades.