Ponto final?


 Realmente tenho que parar de me importar com você. Algum dia você irá entender o quanto te amei, e irás reconhecer um amor que existe dentro de ti mas que aí, foste tarde demais.
Não vou dizer que não te amo, mas direi que não é a mesma intensidade do que era antes. Tudo vai morrer, mas este amor está passando de tua hora.
Preciso parar de me envolver com 'molequinhos' de escola, assim só sofrerei. Necessito de um homem que me faça sentir feliz, desejada e acima de tudo, de bem com a vida.
Confesso que é difícil deixar tudo para trás, tudo que, durante um tempo me deixou viva. Esperança é a ultima que morre, e com ela carrego meus sonhos, meus desejos mais secretos que quem sabe um dia, eles se libertarão de mim, tornando-os realidade.
Não espero que isso mude do dia para noite, que hoje acabe tudo e amanhã nem se quer eu nome lembrarei... Muito pelo contrário. Se esse ''amor'' que foste tão forte chegar há um dia a morrer, permanecerá em cinzas, as que eu sempre irei lembrar.
Dias atras eu gostaria de te ver a qualquer custo, em apenas te olhar eu já me dava por satisfeita, mas hoje não. Faço de tudo para não te encontrar, aonde você for, procuro não estar. Assim será melhor. Não te olhar, não sentir vontade, muito menos matar a minha saudade.
Talvez se eu guardasse só as coisas boas que me lembre você, eu esquecesse mas rápido. Alias, ques coisas boas? não tem. Nunca passou apenas de uma amizade mesmo né? Isso que me dói e me cura o mesmo tempo.
Pra mim, AMOR mesmo foi só por você. Pode ser que ele se congele, e se derreta. Mas não consigo mas amar ninguém. Você foi único, por algum motivo. Eu te amei, você acreditando ou não, eu sei disso.
Várias paixões passaram por mim, mas nenhum deles foi tão forte assim, que se pôde se transformar em um amor e me fizeste esquecer os "outros" como você fez.
Mas enfim, nada dura para sempre, tudo tem seu fim e este já quase não existe mais... perto do que existia.
" Eu te amei como jamais um outro alguém, VAI TE AMAR... "

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar, silêncio e mistério.

sinto saudades.