De alguma forma.



Às vezes as coisas mudam e nós nem percebemos. Só percebemos quando elas nos dão resultado de que mudou. Sempre que insistimos em algo, podem se resultar em duas coisas, conseguir e não conseguir, ter ou não ter. 
Mais às vezes o nosso erro é insistir demais em algo que não vale tão apenas assim. A olhar ela pode valer mil diamantes, mais, na hora de "sentir" mesmo, percebemos que ela não passa apenas de diamantes falsificados. Sim, talvez eu exagere nessa hora, mais é que as vezes depositamos muito em apenas ‘uma simples coisa’ e quando vemos, é pequeno demais, para que isso se torne real. E não, não acredito que nada vale tão apenas assim.
Porque quando erramos, ou imos atrás de algo demais, sempre chegamos a um final, e seja lá qual for ele, sendo bom ou ruim aprendemos algo. Tiramos lição de cada coisa que fazemos, de cada atitude que tomamos em vão. E até aprendemos que tentar nem sempre é conseguir, mais todos que um dia conseguiram, tentaram!
Queria que algum dia, você entendesse o quanto que eu te amei, foi muito forte, foi como uma fantasia, um sonho talvez, eu diria. Que eu sempre dormia sonhando, acordava sonhando, mais não passava apenas de sonho. Era bom. È o meu mundo, aonde eu faço acontecer, aonde as coisas acontecem se eu querer.
Não e não. Não te esqueci por completo, acho que debaixo dessa pedra existe um coração que bate por ti ainda, mais ele está invicto. Não se pode ser tocado, ou ao menos sentir algo por alguém, você.
Ele está sobre meus poderes, no fundo do meu coração, de alguma forma.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar, silêncio e mistério.

sinto saudades.